(21) 2545 - 9005 / (21) 3389 - 2031 / (21) 2195 - 1200

DNA Circulante e as novas perspectivas no tratamento do câncer

A etapa de diagnóstico do câncer é chave para o médico e o paciente. Ela representa uma etapa crucial que determina tudo que virá pela frente em termos de tratamento, acompanhamento e prognóstico. Atualmente, o diagnóstico padrão de câncer é realizado através de biópsia do tumor. Para tal, nós utilizamos alguns métodos moleculares que nos orientam para selecionar as melhores terapias de escolha. No entanto, novas alternativas começam a surgir no cenário mundial com mais força. São as chamadas biópsias líquidas, a partir de fluidos do nosso organismo. Essa nova abordagem se baseia na presença de fragmentos de DNA circulante, capazes de permitir a identificação de células cancerosas presentes no organismo humano.

Essa alternativa vem ganhando um bom número de adeptos, uma vez que é uma alternativa minimamente invasiva quando comparada às biópsias tradicionais. Além disso, as análises de moléculas de DNA circulante no plasma sanguíneo permitem análises mais precisas. Isso inclui melhores taxas de detecção do câncer em estágios iniciais e prometem se tornar ferramentas importantíssimas no diagnóstico do câncer.

MAS COMO PODEMOS OBTER ESSAS AMOSTRAS DE DNA?

Atualmente, sabemos que é possível isolar esses fragmentos de DNA de líquidos do corpo. Ou seja, estamos falando de líquidos como fluido cerebroespinhal ou liquor (para identificação de tumores do sistema nervoso), saliva (para identificação de tumores de cabeça e pescoço), fluido pleural (identificação de câncer torácico e metastático) sangue (células de tumores circulantes) e urina (identificação de câncer no trato urinário).

Definitivamente, as análises de fragmentos de DNA vem permitir um grande avanço no processo de diagnóstico do câncer. Embora ainda sejam necessários mais estudos e aperfeiçoamento na técnica, certamente o tema merece ser explorado e mais pesquisas podem ajudar em avanços importantes. Estamos acompanhando de perto toda a evolução. Se tiverem dúvidas, escrevam para mim!

 

LEIA MAIS: O que é imunoterapia e como ela funciona?

By | 2018-12-09T12:43:32+00:00 dezembro 9th, 2018|Sem categoria|Comentários desativados em DNA Circulante e as novas perspectivas no tratamento do câncer

About the Author: